Login
Registrar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Que podemos esperar do Emballage? Lançamento de uma grande sondagem europeia

A 6 meses da abertura do salão, ALL4PACK Paris 2016 lança, com o ObSoCo (observatório sociedade e consumo), uma grande sondagem junto dos consumidores europeus , para melhor identificar e compreender as suas expectativas no Emballage. Face ao boom do e-commerce, à redução necessária dos custos e ao avanço dos desafios da triagem e da reciclagem, a influência dos consumidores é cada vez mais importante. 

Os europeus e a experiência do Emballage
Ativos, conectados, inteligentes: as embalagens transmitem mais do que nunca uma experiência para o consumidor. O que pensam eles disso? Em que medida são sensíveis à embalagem?  «edição limitada» ou personalizada? O e-commerce será o novo eldorado da embalagem?... Lançado em maio de 2016, esta sondagem foi organizada junto dos consumidores de 4 países chave: Alemanha, Espanha, França e Itália. Os resultados exclusivos serão comunicados em junho de 2016.
Para elaborar esta sondagem, o Comité Pack Experts do ALL4PACK Paris,  reuniu-se de novo para partilhar a sua visão comum acerca das grandes tendências da embalagem. 

Para esta ocasião, três novos embaixadores internacionais juntaram-se ao Comité Pack Experts.

Alemanha: 
Marc HUNGER, Director Global Marketing Industrial Pigments, Performance Materials, Pigments and Cosmetics, MERCK 

Espanha:
 José Antonio MARTINEZ, Manager Packaging Process Conception, ANTONIO PUIG

Itália:
 Walter TAMARO, Development and New Technologies Manager, ILLYCAFFE

Os especialistas apoiaram-se no imaginário dos consumidores do Obsoco, e identificaram 5 temas principais, que farão parte do questionário aos consumidores europeus:

1º Tema: a eco conceção das embalagens, leitmotiv europeu
Todos os especialistas eco concebem as suas embalagens de acordo com as exigências essenciais ligadas à diretiva 94/62/CE. Os indicadores de peso, de dimensões e de espessuras foram drasticamente revistos em baixa, inclusive no setor do luxo, e acompanham-se de uma incorporação crescente de materiais reciclados ou de subprodutos agrícolas naturais renováveis estando atento ao valor acrescentado pela embalagem.

2º Tema: o e-comércio, novo palco da embalagem
No e-comércio, a eco conceção da embalagem acumula-se com outros desafios: entregar o produto em boas condições, minimizar o número de embalagens ou fabricar à medida e «a tempo», criar « o efeito Waouh»  que pode ser transmitida pela realidade aumentada.

3º Tema: apenas com essas embalagens de mini-dose e a redução de embalagens, como escolher?
A luta contra o desperdício leva a embalagens mais pequenas adaptadas à boa dose de produto necessário ao consumidor.

4ºTema: a embalagem ultra smart, um grande desafio da dinâmica social, económica e cultural
A embalagem está totalmente inserida na era do numérico e do conectado. A impressão numérica personaliza as embalagens e permite de as fabricar em 3D. a embalagem conectada compensa os nossos esquecimentos, por exemplo em caso de falha de um tratamento medico . O papel e as tintas orgânicas semicondutoras substituem os chips de silício RFID.

5º Tema: as novas tecnologias da embalagem, que impulsionam as novas necessidades e hábitos dos consumidores. Ultrapassando a praticabilidade e a funcionalidade, a embalagem torna-se ativa para uma mais elevada segurança sanitária dos produtos e para lutar contra o desperdício.

Publicado em: 13 MAI 2016
Gallery