Login
Registrar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Timbérica entrega mais um forwarder John Deere 1110 E à empresa TCS Florestal


No passado dia 8 de Março a Timbérica, importador nacional dos equipamentos florestais John Deere, entregou à empresa TCS Florestal mais um forwarder John Deere 1110 E.

Fundada em 2002, a TCS Florestal presta serviços florestais e dedica-se à recolha de biomassa possuindo um destacável parque de máquinas para estas funções: 6 autocarregadores (4 Timberjack e 2 John Deere 1110 E), 2 processadoras e 2 máquinas para produção de biomassa.

Momento da entrega do equipamento nas instalações da Refloma, com o proprietário César Sequeira e o operador Pedro Serra

Esta nova máquina tem a particularidade de equipar com 8 rodas, sendo a primeira 1110E de 8 rodas entregue em Portugal. De acordo com o gerente da TCS Florestal, César Sequeira, a sua continuada aposta em equipamentos John Deere prende-se com os seguintes aspectos:
- Excelente serviço por parte do importador Timbérica, que garante tempos de paragem mínimos.
- Enorme produtividade e melhores desempenhos por parte das máquinas da marca John Deere.
- Maior comodidade de trabalho. Equipamentos muito “amigos” dos operadores.
- Máquinas muito fáceis de assistir, na lógica de manutenção diária.  
- Maior poupança de combustível quando comparadas com a concorrência.

O novo Forwarder John Deere 1110 E em operação

Por todas estas razões, César Sequeira não quer ouvir falar de outro fornecedor. Como nos contou “não penso mudar de distribuidor nem de marca. A dupla Timbérica/John  Deere dá-me todas as garantias”.

O melhor amigo dos operadores
O operador do novo John Deere 1110E é Pedro Serra. Um jovem, mas experiente profissional, com 7 anos de actividade em operações florestais. Já trabalhou 97 horas com este equipamento e conta-nos maravilhas:

Pedro Serra, o operador da máquina após 97 horas de operação

“O novo 1110E proporciona uma grande visibilidade, devido às grandes áreas envidraçadas e à cabina giratória, o que é excelente para estas tarefas de apanha de rama”. E prossegue, “Consegue-se fazer muito mais serviço, pois não só a produtividade da máquina é muito maior como o operador consegue andar sempre muito mais descansado. O assento pneumático e o ambiente da cabina insonorizado e completamente livre de pó permitem que estejamos sempre em condições para o trabalho”. Pedro Serra explica-nos ainda que, ao tratar-se de um equipamento de 8 rodas, acaba por ser muito mais estável, atascando muito menos que os equipamentos de 6 rodas e proporcionando uma operacionalidade completamente incomparável relativamente a outras máquinas que este operador já tinha operado.
O operador destaca ainda a formação que a empresa Altri – comprador da madeira e biomassa rechegados – proporcionou através da disponibilização de um técnico formador que ao longo de algumas horas o familiarizou com as técnicas de operação para maximização do aproveitamento da máquina. Este tipo de formações são uma excelente forma de retirar o melhor, quer do operador, quer da máquina.

João Pedro Martins - Gerente da Timbérica - em troca de impressões com Pedro Serra

John Deere 1110E uma máquina adaptada ao empresário florestal nacional

César Sequeira tinha adquirido um forwarder da série E em 2010 e apenas 2 anos depois faz um novo esforço financeiro e adquire mais uma unidade. Esta evolução, juntamente com os argumentos referidos anteriormente, mostra claramente que este é um equipamento totalmente adaptado às necessidades dos bons empresários florestais nacionais.


Publicado em:20 JUN 2012
GalleryGalleryGalleryGalleryGallery