Login
Register
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Prova de campo com os novos motocultivadores BCS Powersafe

Tendo em conta critérios económicos e práticos, os motocultivadores são máquinas apropriadas para trabalhar em pequenas parcelas de terreno, onde os tractores são demasiado grandes para que se possam movimentar com agilidade.

A BCS PORTUGAL deslocou-se a Espanha para em conjunto com a filial espanhola BCS Ibérica realizar um teste de campo aos novos motocultivadores Powersafe. Sentiu-se a necessidade de encontrar um espaço agrícola com características comuns aos dois países, assim deslocaram-se com o Eng. técnico agrícola Carles Bernat até Mura, uma pequena localidade situada no coração do parque natural de San Lorenzo (Barcelona), onde os agricultores organizam as suas culturas agrícolas em terrenos pequenos e também em pequenas hortas nas ladeiras das montanhas, que constituem um cenário ideal para trabalhar com os motocultivadores.

O objectivo da BCS foi o de testar sobre o terreno a nova séria de motocultivadores BCS POWERSAFE, premiada recentemente como Novidade técnica na Fima 2010, e tirar conclusões relativamente a esta máquina. Concluída a experiência, verificou-se o seguinte:

•     Transmissão e a embraiagem multidisco em banho de óleo. Este tipo de embraiagem além de fazer com que a condução do motocultivador seja mais suave, resiste sem problemas à utilização de alfaias que trabalham com inércia elevada, como por exemplo as barras de corte. O seu tempo de utilização, ou seja, a sua vida útil é igual à do próprio motocultivador e não perde nunca a sua óptima regulação. Pela sua arquitectura construtiva, a embraiagem multidisco em banho de óleo é mais pequena e permite reduzir as dimensões e o peso do conjunto da máquina.

•    Sistema de segurança Powersafe. Consegue parar a alfaia de forma instantânea quando se soltam as manetes, sem parar o funcionamento do motor. Conseguem-se tempos de paragem das alfaias muito mais rápidos do que com qualquer outro sistema (o sistema tradicional está baseado na paragem do motor), que representam mais segurança para o utilizador.


•    Ergonomia e conforto na condução. Múltiplas soluções com o guiador regulável em altura e lateralmente, a amortização das vibrações mediante os silente-blocks e a disposição de todos os comandos que intervêm na condução suave e progressiva destes motocultivadores, contribuem para que se desfrute de um máximo controlo e que se minimize o cansaço do seu utilizador. O próprio sistema de segurança Powersafe também tem vantagens neste sentido, já que permite soltar as manetes enquanto se está a trabalhar, impedindo e retomando logo o trabalho sem necessidade de voltar a colocar a trabalhar a máquina, visto que esta não se desliga. Deste modo também se evita o cansaço de voltar a pôr o motor a trabalhar, tendo em conta, sobretudo, se este for a diesel.

O diferencial dispõe de uma manobrabilidade superior ao modelo 730, permitindo realizar qualquer raio de viragem sem nenhum esforço por parte do utilizador.

O Engenheiro Carles Bernat afirmou o seguinte, sobre os motocultivadores BCS Powersafe:


“Tive ocasião de experimentar dos motocultivadores da série Powersafe 700 da BCS, um com motor a gasolina e outro a diesel. Depois de muitos anos sem utilizar um motocultivador, a impressão que tive foi muito favorável. Destaco a facilidade de manejo (os diferentes comandos assimilam-se rapidamente), o pouco esforço que é necessário para a condução e para o retrocesso de viragem da máquina (particularmente no modelo a diesel, que incorpora o diferencial), assim como a escassa vibração que este transmite ao condutor através das manetes. O trabalho realizado com a fresa, graças também ao óptimo estado do terreno foi muito bom. Apreciei também a facilidade de montagem da roda de transporte e a alfaia de trabalho, neste caso a fresa, que é a mais habitual, assim como a facilidade de dobragem para o transporte num espaço reduzido.”

Carles Bernat é Engenheiro Técnico Agrícola e foi professor titular de maquinaria agrícola na ESAB-UPC (Escola Universitária de Engenharia Técnica Agrícola de Barcelona) durante 38 anos. Pela sua vasta experiência e conhecimentos, forma também parte do júri no concurso de novidades técnicas da FIMA e também na Feira de SANT MIQUEL de Lleida. A revista Vida Rural (Espanha) publicou as conclusões desta prova de campo executadas por ele.

Published on: 05 JUL 2010
GalleryGallery