Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Novos escarificadores Viking


Escarificador eléctrico LE 540 e a gasolina LB 540 Oxigénio para o relvado A escarificação é um dos métodos mais eficazes contra o musgo e as ervas daninhas. Os novos escarificadores LE 540 e LB 540 eliminam estes elementos prejudiciais para o relvado e ao mesmo tempo oxigenam o solo. A compactação do relvado é um fenómeno natural e pode ocorrer inclusivamente com os melhores cuidados. Uma fina camada de matéria vegetal acumulada é até positiva no verão, uma vez que se evapora menos água. No entanto, os problemas surgem se se forma um emaranhado grosso de resíduos. Aparece uma espécie de tapete que isola as raízes da água, do sol e do ar e asfixia a vida subterrânea. No relvado formam-se clareiras, onde se desenvolvem ervas daninhas e musgo. Revitalização para o relvado Quando se forma essa camada grossa, o relvado requer uma renovação. Os novos LE 540 (eléctrico) e LB 540 (de gasolina) acabam com o musgo e oxigenam o relvado. As suas sete facas duplas fixas com 14 afiados fios eliminam a fundo o musgo e as ervas daninhas do relvado. Os múltiplos cortes superficiais escarificam o solo compactado. Desta forma a terra é oxigenada, solta-se e os nutrientes chegam melhor às raízes do novo relvado. A chuva é novamente drenada, evitando assim focos de humidade. As facas apenas devem riscar o solo, uma vez que os cortes mais profundos podem danificar as raízes. A comodidade especial da VIKING: a profundidade de trabalho do equipamento de corte permite um ajustamento cómodo em seis posições com um comando giratório. A mudança entre a posição de transporte e a posição de trabalho é muito fácil através de uma alavanca no guiador; se o utilizador baixa a alavanca, o equipamento de corte desce ao solo. Se o utilizador sobe a alavanca, o equipamento de corte é levantado. Esta função facilita também as manobras de viragem no relvado, uma vez que com o equipamento de corte levantado é requerido menos esforço. O escarificador LE 540 possui um motor eléctrico de 1600 watts que garante à máquina a potência suficiente. Se o motor ficar sobrecarregado nalguma ocasião, por exemplo devido a uma regulação demasiado profunda do mecanismo de corte, é disparado automaticamente o protector contra sobreaquecimento para proteger o motor de danos. Para maiores extensões e jardins nos quais não há a possibilidade de ligação à rede eléctrica é recomendada a utilização do modelo LB 540 com motor a gasolina. A segurança, uma prioridade Na hora de expulsar musgo e ervas daninhas, a segurança também está em primeiro lugar. Um amplo deflector expulsa grandes quantidades sem problemas. O deflector mantém-se para baixo por acção de umas potentes molas, e assim evita-se a sua abertura e que o material possa sair despedido em direcção ao utilizador. Se não desejar deixar o material espalhado pelo relvado, existe como acessório um recolhedor. Depois do trabalho, é fácil limpar o escarificador. Para tal dobra-se o guiador e vira-se para trás o escarificador. Nesta posição pode-se eliminar comodamente a erva. Além disso, na posição de limpeza o equipamento requer menos espaço para ser guardado.
Os novos escarificadores da VIKING estarão disponíveis nos distribuidores especializados STIHL e VIKING a partir de Março de 2009. A escarificação perfeita:
• Não escarificar relvados com menos de 2 ou 3 anos de idade.

• O Outono e a Primavera são as melhores épocas para a escarificação.
• Antes da escarificação deve-se cortar o relvado até 2 ou 3 centímetros. Assim obterá um melhor resultado.
• O solo não deve estar encharcado, mas também não deve estar demasiado seco.
• As facas devem apenas riscar o solo em pouca profundidade. Dois ou três milímetros é suficiente.
• Passar o equipamento a uma velocidade constante e evitar parar demasiado tempo numa posição, isso danificaria excessivamente o solo. Depois da escarificação:
• Retirar a fundo o material arrancado do relvado.
• Ressemear as clareiras e adubar o relvado.
• Espalhar areia sobre o relvado para que o solo não se compacte excessivamente.
• Regar abundantemente.
• Evitar pisá-lo e regar durante algumas semanas no mínimo uma vez por semana.

Publicado em: 26 JAN 2009
Gallery