Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

T9 o novo gigante da New Holland


A New Holland redesenhou e aperfeiçoou completamente a sua gama de tractores T9 de fabrico americano. O tractor mais potente da marca, com 669 cv de potência máxima com Gestão de Potência do Motor, está disponível em duas versões: uma estrutura padrão e uma estrutura sólida para satisfazer todas as necessidades agrícolas. A estrutura padrão de 36” foi desenvolvida tendo em mente as manobras apertadas de viragem e as culturas em linha, na sequência de uma profunda investigação junto do cliente. Encontra-se também à vontade numa situação de mega explorações leiteiras e em propriedades agrícolas onde é necessário efectuar serviços intensivos de transporte rodoviário, graças aos motores que produzem uma potência máxima de 557 cv com Gestão de Potência do Motor. O modelo de estrutura sólida é o mais potente tractor de tracção às quatro rodas do mercado, sendo perfeito para grandes produtores de pequenos grãos, operadores do proprietário e extensos terrenos aráveis. A gama T9 é também uma companheira perfeita da gama de ceifeiras-debulhadoras rotativas e convencionais e das ensiladoras automotrizes FR da New Holland. Além disso, graças aos seus pneus amigos do solo, a gama T9 usufrui de uma vantagem significativa em termos agronómicos devido à reduzida compactação e formação de calo no solo.

O melhor ambiente para o operador com o SideWinder II e a cabina extremamente silenciosa
Antes de conceber a nova cabina do T9, a New Holland efectuou uma ampla investigação junto dos actuais utilizadores. A cabina daí resultante faz com que as impressionantes proporções do T9 encolham em torno do operador. A lógica de funcionamento é conhecida dos utilizadores das séries T8, T7 e T6000 e garante uma experiência New Holland inconfundível.
A cabina está equipada com funcionalidades engenhosas que facilitam o trabalho agrícola; um exemplo é o apoio de braços SideWinder™ II vencedor de vários prémios que permite um funcionamento ergonómico, na medida em que todos os comandos estão acessíveis.

A alavanca CommandGrip™ é utilizada para controlar a transmissão com Powershift integral para uma mudança precisa das velocidades; além disso, um botão dedicado controla o inversor de avanço/marcha atrás. A gama T9 pode estar equipada de série com o sistema integrado de condução automática IntelliSteer™ da New Holland. Este pacote completo garante uma total facilidade de utilização, uma vez que o novo tejadilho acolhe uma posição de antena integrada e o sistema é controlado através do monitor IntelliView™ III de 178 mm, tornando mais fácil seguir os caminhos de condução. Não são necessários ecrãs adicionais nem suplementos. O sistema totalmente integrado permite uma precisão passo a passo absoluta ano após ano de 1-2cm quando forem utilizados sinais RTK. O sistema é gerido pelo monitor a cores com ecrã táctil IntelliView™ III, que permite ao operador o acesso a uma ampla gama de parâmetros de funcionamento para uma monitorização e um ajustamento constantes a fim de garantir uma produtividade e eficiência óptimas.

O Painel de Controlo Integrado, ergonomicamente posicionado do lado direito do operador, permite que os utilizadores possam regular uma variedade de parâmetros do tractor durante o trabalho, para obter máxima produtividade e eficiência. As funcionalidades como a Gestão do Regime do Motor e a gestão da tracção com o sistema Terralock podem ser controladas através do painel intuitivo para poder certificar-se de que a gama T9 atinge sempre o seu desempenho máximo a fim de obter os mais elevados resultados.

Os operadores que passam muitas horas na cabina beneficiarão da suspensão da cabina Comfort Ride completamente nova. A cabina está suspensa em cada um dos quatro cantos para absorver os embates mais agressivos e garantir a respectiva estabilidade. Com vista a melhorar ainda mais a produtividade, o design do capô inclinado da New Holland foi integrado para aumentar ainda mais a visibilidade durante as manobras e o pacote de iluminação a 360° garante que não exista perda de produtividade, mesmo em condições de luz fraca. Uma das mais silenciosas cabinas do sector oferece um ambiente de trabalho espaçoso e relaxante, graças ao sistema melhorado de suspensão da cabina e ao funcionamento silencioso dos motores Cursor 9 e 13.

Os potentes motores Cursor da FPT usam a tecnologia SCR para custos de exploração mais baixos
A tecnologia SCR utilizada para conformidade com as rigorosas normas Tier 4A relativas a emissões foi desenvolvida em parceria com a Fiat Powertrain Technologies. Um elemento fundamental do sistema SCR é o AdBlue/DEF, a solução que é injectada no sistema de pós-tratamento para neutralizar as emissões nocivas de gases de escape produzidos durante a combustão. Este transforma-as em água e azoto, ambos existentes naturalmente no ambiente. O sistema AdBlue/DEF da gama T9 foi concebido para uma intervenção mínima por parte do operador, necessitando apenas de ser enchido em cada reabastecimento de gasóleo. Além disso, encontra-se bem localizado, junto ao depósito de combustível pré-existente, para simplificar o enchimento. Os operadores são mantidos continuamente informados sobre os níveis de AdBlue/DEF graças aos visores incorporados na cabina. O preço inicial de compra do AdBlue é mais do que compensado pela poupança de combustível proporcionada por esta solução de ponta.

A New Holland ajudará os seus clientes a adoptarem a tecnologia SCR durante o período de transição para a Tier 4A, fornecendo gratuitamente um depósito de AdBlue de 1000 litros juntamente com uma bomba eléctrica. Todos os concessionários autorizados da New Holland armazenarão os produtos necessários para garantir a conformidade com os novos regulamentos Tier 4A, incluindo AdBlue, em contentores de diversos tamanhos a fim de satisfazer as necessidades de cada agricultor em particular.
A tecnologia SCR oferece grandes vantagens em termos de desempenho. Os motores Cursor 9 e 13 SCR beneficiam de 390 a 669 cv de potência máxima com Gestão de Potência do Motor graças ao sistema de Gestão de Potência do Motor da New Holland. Esta tecnologia ajusta continuamente a potência do motor para perfeita adaptação às condições de trabalho reais através de uma detecção inteligente da tomada de força, das cargas hidráulicas e de transmissão. Esta funcionalidade garante uma óptima geração de potência pelo motor, que além disso trabalha com máxima eficiência. Garante um desempenho optimizado e um consumo excelente de combustível, e os clientes terão uma reserva da potência mais eficiente para trabalhar com os acessórios de maiores dimensões nas condições mais rigorosas.

A nova gama T9 utiliza motores Cursor de 9 litros (no T9.390) e de 13 litros (no T9.450, T9.505, T9.560, T9.615, T9.670), desenvolvidos e fabricados pela Fiat Powertrain Technologies (FPT). Estes motores simplificam mesmo as tarefas mais árduas com as suas potências nominais de 354 a 608 cv. Com um aumento de 40% do binário, a gama T9 consegue trabalhar em condições adversas com os acessórios de maiores dimensões mais exigentes sem redução das mudanças, a fim de oferecer aos clientes uma produtividade e uma eficiência absolutas.
Os motores Cursor da FPT do T9.615 e do T9.670 estão equipados com um turbo de dois níveis. O primeiro turbo alimenta o segundo, melhorando o desempenho do motor devido ao aumento do binário proposto. A banda de potência constante e sustentada, que é a característica distintiva do sistema, significa que, mesmo nas condições mais extremas, a gama T9 consegue lidar facilmente com as tarefas mais árduas.

Melhor desempenho hidráulico da sua classe
A nova gama T9 dispõe de oito distribuidores hidráulicos auxiliares, no máximo, montados na traseira. O caudal padrão fornece até 159 litros por minuto; a variante de caudal elevado opcional fornece até 216 litros/m, quando combinada com o Mega Flow opcional, que fornece 212 litros/minuto adicionais, podendo ser obtido um caudal hidráulico total de 428 litros/m. Isto facilita imenso o trabalho mesmo nas aplicações hidráulicas mais intensivas, como semeadores pneumáticos, bem como em situações difíceis de trabalho do solo e durante o transporte de grandes reboques. Este sistema completo é  simples e fácil de configurar graças ao monitor intuitivo IntelliView™ III, montado no apoio de braços SideWinder™ II. Para facilitar o controlo, quatro válvulas remotas são controladas através do joystick ergonómico e as quatro restantes pelos manípulos localizados no apoio de braços. É também possível controlar dois distribuidores auxiliares através da alavanca CommandGrip™.

Estrutura robusta e lastragem flexível
A New Holland redesenhou completamente a estrutura da gama T9 para aumentar a força e rigidez e com vista a desbloquear todo o potencial do surpreendente desempenho dos modelos com potência mais elevada. A gama beneficia também de uma manobrabilidade melhorada, com um raio de viragem reduzido. Este sistema foi sujeito a um extremo regime de testes para garantir aos proprietários uma fiabilidade absoluta; por exemplo: o pivô de articulação foi submetido a testes de fiabilidade nas areias altamente abrasivas do Arizona, durante mais de 10 000 horas.
O peso máximo permitido da gama T9 foi aumentado para umas impressionantes 25 toneladas, significando também uma manipulação fácil dos acessórios e das cargas mais pesados e a disponibilidade de uma gama alargada de opções de lastragem. Os operadores podem agora escolher de entre uma gama completa de pesos monobloco tipo “chumbada”, pesos das rodas e pesos da caixa traseira para garantir máxima produtividade, mesmo quando forem utilizados os acessórios traseiros mais exigentes.

Transmissão com Powershift integral com modos Automáticos
A transmissão da gama T9 foi aperfeiçoada para uma adaptação perfeita ao motor, e garante que os 669 cv disponíveis no T9.670 são aplicados de forma eficiente. A transmissão UltraCommand™ com Powershift integral 16 x 2 é facilmente controlada com a alavanca CommandGrip™. As mudanças rápidas e simples de direcção são fornecidas pelo botão dedicado da alavanca CommandGrip™ ou através da reconhecida alavanca de inversão montada no volante da New Holland.

Gestão da velocidade em relação ao solo para um controlo preciso da velocidade

Com vista a oferecer produtividade optimizada e eficiência a nível do combustível, a New Holland desenvolveu o conceito de Gestão da velocidade em relação ao solo (GSM) para a gama T9. Com um funcionamento idêntico ao da transmissão CVT, o operador define a velocidade de trabalho ideal e, em seguida, as rpm do motor e as mudanças são calibradas automaticamente para garantir um funcionamento ideal. Para atingir uma eficiência óptima com cargas pesadas, o sistema de controlo selecciona uma mudança mais baixa de modo a que o motor possa lidar com cargas maiores para produzir mais potência; porém, logo que a carga diminua, o sistema de controlo passa para uma mudança mais alta e reduz as rpm do motor para um funcionamento óptimo. Disponível em dois modos, o modo de campo reduz as velocidades até 4km/h, no regime nominal do motor, e o modo de estrada oferece uma eficiência absoluta de até 40km/h. Este sistema intuitivo garante eficiência máxima em condições de carga inconstantes e em situações em que é necessária uma velocidade precisa, como na sementeira pneumática de alta velocidade.

Pneus melhorados para redução da compactação
A New Holland reconhece que a compactação do solo é um dos principais problemas para as grandes empresas agro-alimentares. Após uma profunda investigação junto dos clientes, todos os modelos de estruturas padrão da gama T9 podem utilizar pneus RCI 50 extra-altos para reduzir a compactação do solo. Para as aplicações norte-americanas, uma combinação de dois ou três pneus fornecerá um rasto amplo para uma compactação do solo reduzida. Os modelos de estruturas padrão podem utilizar pneus Super Single na configuração 900/60/R42, para assegurar que a restrição de largura de transporte de três metros é satisfeita, ao mesmo tempo que garantem um rasto amplo para evitar a compactação no terreno. Além disso, os proprietários não têm de se preocupar com a manutenção diária, complexa e dispendiosa das máquinas de rastos.

Publicado em: 18 OCT 2010
GalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGallery