Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

VINITECH-SIFEL 2010, um grande triunfo


Esta edição organizada entre 30 de Novembro e 2 de Dezembro, no Parc des Expositions de Bordeaux-Lac, foi em muitos aspectos sui generis, não só porque consagrou a união do Vinitech com o Sifel, - como o demonstra o aumento de visitantes – mas também porque a neve, convidada surpresa, perturbou a actividade do salão.
No final desta primeira manifestação comum entre as fileiras vitivinícolas e de frutas & legumes, todos os actores que contribuíram para o seu sucesso ansiavam que o
transplante fosse bem sucedido. Foi o caso, mesmo muito para além do que se podia esperar duma 1ª edição.
Aumento da participação apesar do mau tempo e das perturbações devidas à neve
O grande aumento da frequência dos dois primeiros dias, foi ligeiramente afectado por uma meteorologia adversa. 40.492 pessoas, atravessaram as portas do salão. Entre elas e no « top 5 » dos visitantes, encontram-se : os viticultores e os enólogos, seguidos pelos produtores de frutas & legumes, pelos comerciantes e pelos fabricantes de materiais agrícolas. A qualidade dos visitantes que permitiu um nível de negócios muito satisfatório, foi sublinhada pelos expositores do salão.
Esta edição que reuniu 754 expositores, expondo mais de 1.000 marcas, apresentou, de maneira exaustiva, materiais, serviços, inovações, num espírito de confrontação e complementaridade entre os sectores. A qualidade da oferta e das trocas foram largamente referidas pelos expositores e pelos visitantes.
Os expositores do Sifel, presentes pela 1ªvez em Bordéus, foram tranquilizados pela excelente qualidade e profissionalismo dos visitantes, assim como pela densidade dos negócios.

VINITECH-SIFEL confirma a sua marca internacional
A partir do 30 de Novembro – dia dedicado ao acolhimento das delegações internacionais - 15 embaixadores provenientes de países produtores vieram descobrir a oferta do Salão do qual se tornaram os “porta-palavras”. Os visitantes internacionais representaram 15% das entradas, estando os países europeus no topo, com a presença de Portugueses, Espanhóis, Italianos, Suíços e Alemães. De referir ainda a vinda dos presidentes e directores da OIV, da União Internacional dos Enólogos e das principais federações de enólogos e vitivinicultores dos
grandes países produtores que ilustram as trocas internacionais geradas pelo Vinitech-Sifel
Os numerosos profissionais vindos dos Estados-Unidos, do Canadá, da Bulgária, da Roménia, da Croácia, da Eslovénia, da Russia, do Chile, do Uruguai, da Venezuela, do Brasil… e mesmo do Japão, abriram aos expositores, novas pistas para futuras colaborações internacionais.
Um olhar para 2012, definitivamente optimista
O balanço muito positivo feito pelos Presidentes Marc Lecoq (Vinitech / Congrès et Expositions de Bordeaux) e Yves Bertrand (Sifel / Orgagri / Interco), é o prenúncio da continuação e ampliação das sinergias resultantes desta sólida união entre os dois sectores.
"Traçámos aqui as futuras vias nas quais a agricultura se deve comprometer utilizando as novas técnicas. Demonstrámos que a hiper-especialização tem os seus limites e que ambos os sectores necessitam de desenvolver formas de confronto assim como de trocas. Os contactos estabelecidos durante este Salão e as expectativas expressas sugerem que, em breve, o SIFEL passará a ser também, para as frutas e legumes, o salão de referência dos países da bacia mediterrânica, como..." precisou Yves Bertrand.

"Lembrem-se que o sucesso deste evento está também na riqueza dos grandes compromissos profissionais, como o Mondiaviti e o Congresso Nacional dos Produtores de Legumes de França, e nos contactos estabelecidos durante as centenas de reuniões e fóruns organizados ou improvisados que aqui se realizaram. Repleto de inovações premiadas pelos troféus Vinitech-Sifel, este salão abre perspectivas particularmente interessantes para 2012” concluiu por seu turno, Marc Lecoq.
Publicado em: 17 DEZ 2010
GalleryGallery