Login
Register
  • por
  • spa
  • eng
  • br

A BCS apresentou grandes novidades na FIMA 2012


Depois de mais de 60 anos a colher êxitos, o GRUPO BCS é hoje um dos principais líderes na indústria europeia da mecanização agrícola, e conseguiu manter posições muito destacadas nas suas actividades estratégicas: Agrícola e Industrial.
Desde o seu início a sua história está intimamente ligada à erva, em cujo campo continua a inovar e a fornecer soluções revolucionárias. Na FIMA apresentou-se pela primeira vez em Espanha a nova gama de gadanheiras frontais NEVA R8 (também já disponível para o mercado português) de 8 discos e sistema condicionador com rolos de borracha, uma revolucionária série de gadanheiras que reafirma o importante compromisso da BCS com os profissionais do corte de erva mais exigentes. A esta novidade acrescentámos uma série de tractores de 25 e 35 CV (os INVICTUS e CROMO para as marcas BCS e FERRARI) e vários modelos de motocultivadores que incluem os motores a gasolina SUBARU e o sistema de segurança POWERSAFE.

Novas gadanheiras frontais de 8 discos NEVA R8
As NEVA R8 são gadanheiras condicionadoras de 8 discos (3520 mm de largura de corte) e de acoplamento frontal ao tractor. Trata-se de uma nova geração de gadanheiras nascida da experiência que a BCS tem ganho com as gadanheiras de discos ROTEX, criada para a agricultura intensiva onde são necessárias máquinas de alto rendimento e grande velocidade de trabalho.
Como é habitual na BCS, as NEVA R8 incluem soluções únicas que não se encontram noutros produtos oferecidos no mercado. Entre estas vantagens que fazem das NEVA máquinas únicas pelo seu desenho e eficácia no trabalho, destacamos:
1 – Cabeçote flutuante (Multi Float Frame), que permite ultrapassar qualquer obstáculo efectuando três movimentos em simultâneo: retroceder, levantar e girar.
2 – Sistema de Aligeiramento dinâmico (Dynamic Lightening). Com este sistema o tractor utiliza menos potência para usar a barra, tornando-a mais leve. Para o utilizador o tractor fica muito mais manobrável e a barra permanece muito mais limpa.
3 - Sistema de alas laterais protectoras (Dust Deflector Wings) que protege a parte anterior do tractor, evitando que a grelha de ventilação do capô e o radiador fiquem obstruídos devido ao pó e às impurezas que se geram nas operações do corte da erva, permitindo que o ar circule e refrigere o motor de forma eficaz.
O resultado de tudo isto é uma máquina veloz e muito eficiente que sendo de engate frontal, pode trabalhar simultaneamente com outras gadanheiras de engate posterior ao tractor como as ROTEX da BCS. Esta nova série de máquinas está disponível com discos de rotação normal (um disco gira no sentido contrário do outro) mais adequados em forragens altas e consistentes, e contra-rotantes (todos os discos giram em direcção ao centro da barra) aconselhados para as forragens baixas, densas e duras.


Tractores: novidades
Apresentou-se pela primeira vez na FIMA a série de tractores isodiamétricos (com rodas iguais) INVICTUS da BCS e CROMO da FERRARI, que inclui dois modelos de 25.2 CV e 35.6 CV de potência, com motores KUBOTA TIER III de injecção directa e refrigerados a água, disponíveis na versão de tractor rígido ou com articulação central.
 
Novos motocultivadores com motor Subaru

Os novos motocultivadores 710 e 720 (BCS) equipam agora com um motor SUBARU modelo EX21 de 6.6 CV. Estes motores foram escolhidos pelo Grupo BCS pelos seus excelentes rendimentos e pela garantia de qualidade e serviço que oferece a SUBARU (FUJI HEAVY INDUSTRIES) constituindo-se como um dos principais fabricantes de motores a nível mundial, com uma produção que ultrapassa um milhão de motores anuais e unidades de fabrico nos Estados Unidos e Japão.

Todos os motocultivadores BCS equipam com um sistema de segurança POWERSAFE que consegue parar a alfaia de forma instantânea quando se larga o guiador, sem parar o funcionamento motor. Conseguem-se tempos de paragem da alfaia muito mais rápidos que com qualquer outro sistema (o sistema tradicional está baseado na paragem do motor), que resulta em mais segurança para o utilizador. Graças a este sistema, os motocultivadores BCS cumprem com a nova norma europeia EN709/A.
A transmissão e a embraiagem multidisco de todos os motocultivadores BCS são em banho de óleo. Este tipo de embraiagem além de tornar mais suave a condução do motocultivador, resiste sem problemas à utilização de alfaias que trabalham com uma inércia elevada, como as barras de corte duplex. A sua vida útil é igual à do próprio motocultivador e nunca perde a sua regulação. Pela sua arquitectura construtiva, a embraiagem multidisco em banho de óleo é mais pequena e permite reduzir as dimensões e o peso do conjunto da máquina.
Published on: 16 MAR 2012
GalleryGalleryGallery