Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Resultados do Grupo Same Deutz-Fahr crescem 30% em 2011


O Conselho de Administração do Grupo Same Deutz-Fahr, um dos principais fabricantes mundiais de tratores, máquinas agrícolas e motores diesel, aprovou no passado 30 de Março o Relatório de Contas do ano de 2011. O Conselho de Administração reportou um volume de negócios de 1.114,7 milhões de euros, representando um aumento de 30,4% relativamente ao ano de 2010.
Este valor inclui as vendas da Grégoire SAS, que foi adquirida pelo grupo em Setembro do ano passado, cujos efeitos económicos, a partir de 1 de Janeiro de 2011, contribuíram com 41,2 milhões de euros.
Os bons resultados obtidos na maioria dos mercados, combinados com uma gestão interna eficiente, permitiram ao grupo atingir um resultado operacional (EBITDA) de 7,5% em comparação com 4,9% alcançado em 2010. O resultado antes de impostos (EBIT) também melhorou, passando de 2,4% em 2010 para 5,6% em 2011 (61,9 milhões de euros). O exercício encerrou com um resultado líquido consolidado de 30,3 milhões de euros.
 
Mercado internacional
 85% do volume de negócios do Grupo Same Deutz-Fahr foi obtido fora da Itália, com destaque para o mercado alemão, que representa 22% da faturação total. O grupo tem adoptado uma estratégia de internacionalização, aumentando as suas actividades em mercados emergentes. Especificando, em Outubro de 2011 fez uma "joint venture" 50%/50% com a Changlin Shandong Agricultural Equipment Co. Ltd, para a produção e distribuição de tractores na China, com um investimento total de 60 milhões de euros. Na Índia, o Grupo Same Deutz-Fahr tem uma fábrica desde 1996, que produziu 15.000 motores em 2011, reflectindo um aumento significativo em comparação com os 8.000 motores do ano de 2010. A produção total de tractores foi 6.488 unidades, representando um aumento de 15,7% em relação ao ano passado.
 O volume de negócios referente aos tractores aumentou 30% e terminou o ano com um volume de facturação de 855,9 milhões de euros. No que se refere às ceifeiras debulhadoras e à Full line, o volume de negócios aumentou 60,9% em relação ao passado. A facturação das peças atingiu um total de 189,7 milhões de euros, mais 15,2% em relação ao resultado do ano de 2010.
"Apesar de tudo, 2011 foi um ano satisfatório no qual o Grupo conseguiu bons resultados e que esperamos melhorar em 2012", disse Lodovico Bussolati, CEO do Grupo Same Deutz-Fahr. "2012 é um ano muito importante para o grupo SDF para verificar a sua capacidade de gestão e estamos comprometidos em manter o princípio da empresa racional e eficiente, capaz de aproveitar a oportunidade de investir em novos mercados. Estaremos focados nas margens operacionais e nos custos fixos e estruturais, para consolidar o excelente trabalho realizado em 2011. Pese embora a situação geral de crise económica prolongada e a elevada incerteza, as perspectivas para a nossa indústria em 2012 são positivas. Temos como objectivo um aumento das vendas de 6%. As encomendas e a facturação nos primeiros meses do ano mostram que estamos alinhados com as nossas previsões. "
Publicado em: 11 MAI 2012
Gallery