Login
Register
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Kramp e Recinsa - FIMA 2020

Há pouco mais de 1 ano a Kramp adquiriu 100% das ações da Recinsa. Tratou-se de uma união natural entre duas empresas absolutamente complementares. Se por um lado a Kramp é já um colosso a nível global, com 10 centros de distribuição e 24 escritórios de vendas espalhados na Europa, muito orientada para o negócio de peças on-line, onde gerem mais de 700.000 referências, a Recinsa é uma empresa mais clássica operando com nove balcões físicos bem distribuídos por toda a geografia espanhola e com um armazém central em Getafe (arredores de Madrid), ocupando 2.400 metros quadrados.

Javier Misol e Ana Ferrer do Marketing da Kramp/Recinsa
FIMA 2020


Esta complementaridade ficou bem patente na conversa que tivemos com o responsável de marketing da Recinsa, Javier Misol, que nos demonstrou as vantagens desta união.

Conforme nos contou, ao contrário da grande maioria das fusões em que, por exemplo, o pessoal fica sempre a perder tendo em conta a sobreposição de funções e a natural dispensa de uma parte desses colaboradores, neste caso essa situação não se verifica pois todos são necessários para fazer crescer o negócio. Se por um lado a operação on-line não pára de crescer e agora mais, pois está sustentada no grande conhecimento da Kramp nesta área, a ligação à terra com as diversas delegações bem distribuídas no território traz uma confiança aos revendedores locais - concessionários e oficinas mecânicas - que é difícil de igualar por quem apenas trabalha na web, afastado da realidade local. Como refere a apresentação web da Kramp "Tudo é possível graças ao talento dos nossos colaboradores. Estão sempre à procura de formas de melhorar, por isso são eles que marcam a diferença".

O stand da Kramp/Recinsa na FIMA representou na perfeição os valores que norteiam as duas marcas. A ideia de base foi a proximidade com o cliente, e nesse sentido, privilegiou-se o contacto direto com eles, assim como com fornecedores e parceiros. Facilmente constatamos que entre todos os 1.652 stands presentes na FIMA este era aquele onde as pessoas mais trocavam impressões em amena cavaqueira falando dos problemas, necessidades e também das alegrias do campo, porque também estas existem! A própria configuração do espaço convidava à confraternização, sem esquecer o excelente "jamón ibérico" e o "queso manchego".

Kramp APP Mobile premiada na FIMA 2020

A Aplicação Móvel da Kramp foi lançada por altura da última edição da Agritechnica, tendo sido premiada, quer nesse evento, quer agora na FIMA como novidade técnica destacável. Trata-se de uma aplicação móvel independente, através da qual se pode digitalizar qualquer código de barras por forma a fazer a sua reposição (se se tratar de um distribuidor), ou para identificação de peças em oficinas para fazer imediatamente o pedido, com base na leitura prévia.

A caraterística mais importante, e única, na indústria é que faz reconhecimento de peças com base em imagens ou fotografias. A aplicação fará o reconhecimento e faz o pedido ou informa se existe em stock. Esta aplicação é desenvolvida com a colaboração da Google (Google Cloud) usando tecnologia de inteligência artificial, estando em contínua aprendizagem.

Uma gala para celebrar a união e a pessoa de Jesús Puago

Mas esta união de esforços representa também a união de duas famílias, se por um lado Eddie Perdok representa a Kramp Groep que foi criada em 1951 em Varsseveld (Holanda), Jesús Puago representou a Recinsa que, tendo sido fundada em 1979, é agora gerida pelo seu filho Ivan.

Neste sentido, no dia 27 de Fevereiro, em pleno auditório principal da FIMA, celebrou-se uma gala, que contou com a presença de colaboradores das duas empresas agora "casadas" e com representantes dos meios de comunicação especializados, que teve como principal mote a união das duas empresas e a passagem à reforma de Jesús Puago, fundador da Recinsa. Esta gala, apresentada pelo reconhecido ator Aragonez, Javier Segarra, contou com a brilhante atuação do mágico "Mago Yunke" e nela foi possível perceber em amenas conversas de sofá qual o ponto de partida da Recinsa - em conversa com Jesús Puago e Ivan Puago - e quais as perspectivas de futuro para a nova entidade - em conversa com Virginia Rodriguez Aguilar, responsável pelo processo de fusão das duas entidades.

Em resumo como referiu Ivan Puago aquando do anúncio da fusão entre a Kramp e a Recinsa: "a combinação do know-how da Recinsa e a ampla gama da Kramp oferece uma experiência única aos nossos clientes. É uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento profissional para ambas as equipas. A combinação irá proporcionar uma experiência global em produtos e serviços que vão fazer a diferença."

Reportagem fotográfica