Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

CatUsed - um conceito especial para as máquinas usadas Caterpillar


No passado dia 7 de Novembro tivemos a oportunidade de conversar com Ernesto Ramos (Gestor de Usados da Barloworld STET) a propósito de um conceito de comercialização de equipamentos usados Caterpillar que é já uma referência na indústria de equipamentos para construção e obras públicas - o chamado CatUsed.
A principal ideia subjacente ao CatUsed é valorizar a 2ª vida útil dos equipamentos Cat, proporcionando aos seus clientes máquinas certificadas com total garantia, financiamento e qualidades de equipamento novo mas por preços bastante inferiores (em média 40% mais baratos). Desta forma, servem-se os fiéis clientes Cat e, simultaneamente, conseguem-se alcançar novos clientes que teriam dificuldade em adquirir um equipamento Cat novo.
 O conceito CatUsed está disponível para todo o tipo de equipamentos Cat. Para a maquinaria mais pesada e com maior uso a STET desenvolve um outro programa semelhante mas com intervenções de reconstrução total, onde inclusivamente é atribuído, pela Caterpillar, um novo número de série à máquina. Para ser classificado como equipamento certificado CatUsed, as máquinas Cat têm, em 1º lugar, de ir ao encontro dos seguintes parâmetros: ter menos de 5 anos e menos de 7.500 horas. Passados estes requisitos são visadas por uma série de inspecções concebidas especificamente para este programa. Aqui são verificados cerca de 160 pontos específicos da máquina (desde motor, transmissão, sistema hidráulico, e um longo etc.) e no final são avaliadas as necessidades de reparação. Se a intervenção na máquina ultrapassar 15 a 20% do valor da máquina nova, esta é rejeitada e não pode “ingressar” no programa CatUsed. Todas as que se enquadrarem nestes valores beneficiarão de uma intervenção que fará do equipamento uma “nova” máquina em pouco tempo.
No caso português a chamada reconstrução decorre na fábrica oficina Barloworld STET de Leiria onde 5 pessoas se dedicam exclusivamente a dar nova vida a 10 máquinas por mês, em média.
Conforme nos contou Ernesto Ramos a procura deste tipo de equipamentos tem vindo a aumentar ano após ano e os clientes já não questionam o facto de não serem máquinas totalmente novas uma vez que confiam totalmente nos processos que a Caterpillar adopta para lhes dar nova vida. Na maioria dos casos quem adquire um equipamento certificado CatUsed volta a repetir a experiência.
O Gestor de Usados da STET explicou-nos ainda que ao mesmo tempo vai aumentando a disponibilidade de máquinas para ingressarem neste programa pois as frotas de aluguer cada vez libertam os seus equipamentos com menor desgaste. Por exemplo em Portugal neste momento existem cerca de 70 máquinas certificadas CatUsed para venda.
No entanto se a máquina CatUsed que o cliente procura não existir em Portugal poderá ser procurada em qualquer representante Cat internacional que tenha adoptado este programa e provavelmente existirá um distribuidor no mundo na posse da máquina que o cliente necessita. Assim, há sempre uma solução à medida para cada caso.   Máquina nova ao lado de uma máquina certificada CatUsed – qual é uma e qual é outra? Publicado em:20 JUN 2012
GalleryGalleryGallery