Login
Registar
  • por
  • spa
  • eng
  • br

Convenção anual Andreas Stihl, S.A. faz balanço muito positivo de 2011


Ano após ano, a Andreas Stihl, S.A. consolida-se na liderança do mercado nacional de equipamentos para jardinagem e floresta.

No passado dia 17 de Março, os distribuidores Stihl e Viking e a equipa da Andreas Stihl, S.A. reuniram nas instalações do Exposalão na Batalha, na já tradicional convenção anual para abordar os temas de interesse de toda a rede comercial e conhecer os novos produtos Stihl e Viking.

Juvenal Martins - Gerente da Andreas Stihl, S.A. - na abertura da convenção

2011, segundo melhor ano de sempre

Na intervenção de abertura da convenção, Juvenal Martins (Gerente da Andreas Stihl, S.A.) realçou os bons resultados da empresa em Portugal num período de forte crise de confiança a nível nacional. A Stihl portuguesa decresceu no ano passado cerca de 4% quando comparado com o fantástico ano 2010, mas mesmo assim foi, de uma forma destacada, o segundo melhor ano de sempre da Stihl no nosso país. A filial portuguesa conseguiu desta forma, e mais uma vez, consolidar-se como líder no campo dos equipamentos para jardinagem e floresta e os seus distribuidores mantiveram a tendência de melhoramento dos seus pontos de venda através da implementação do Shop System num número cada vez mais significativo de lojas – 30 distribuidores foram até agora alvo de modernização –, através da melhoria das condições das suas oficinas – 20 já foram renovadas – e através de uma cada vez maior identificação dos seus negócios como sendo os “verdadeiros” especialistas nestas áreas de actividade, marcando assim claramente as diferenças com os produtos, as marcas e os serviços prestados nos grandes armazéns de distribuição.

Por fim merece destaque a cada vez maior produção e distribuição dos folhetos de Primavera e Outono, que têm permitido que cada vez mais clientes finais se familiarizem com os produtos Stihl e Viking e que confiem as suas tarefas a estas máquinas. Mais uma vez, Juvenal Martins deixou uma mensagem de alerta a alguns distribuidores que não têm feito tudo o que está ao seu alcance para crescer sustentadamente. Assim, estabeleceu como objectivo para 2012 a implementação de 40 novas lojas com Shop System; a renovação de 36 oficinas; a informatização de 140 oficinas e a participação de 144 técnicos nos cursos de formação.

Excelentes resultados a nível internacional
A nível internacional, 2011 foi mais um excelente ano para a Stihl, tendo aumentado novamente os seus resultados, o que fez de 2011 o melhor dos 86 anos de vida do fabricante alemão. Assim foram alcançados os 2.600 milhões de euros de facturação a nível global e 900 milhões a nível da casa-mãe na Alemanha. A razão para este crescimento constante deve-se a vários factores – um investimento em inovação e desenvolvimento de novos produtos, muitos deles exclusivos, que corresponde a 9% da sua facturação global (um valor verdadeiramente destacável); um investimento contínuo na rede de distribuidores oficiais que tem como elemento distintivo o facto de ser exclusivamente especializada.


Produtos novos e inovadores
Precisamente no âmbito das inovações tecnológicas e de produto há algumas boas novidades para 2012, que foram dadas a conhecer no decurso da convenção:

•    Motosserras MS 150 TC e MS 150 C – Leves e com o menor comprimento de corte na linha STIHL. A combinação destas motosserras com a guia Rollomatic E Mini e a corrente ¼ PM3 transforma o poder de corte nesta classe de máquina. O ErgoStart e a bomba de combustível manual equipam de série, tornando ambas as máquinas fáceis de usar e confortáveis no arranque.

Sérgio Maçarico - demonstrador da Andreas Stihl - a operar com uma motosserra a bateria da série MSA

•    Motosserra MS 461 – Para todos os trabalhos de colheita de madeira, abate e trabalhos em madeira forte. Tem como vantagens o moderno Motor 2-Mix, com diminuição da emissão de gases de escape; menor consumo de combustível – até 20% menos em comparação com o motor convencional a dois tempos da STIHL; elevado binário do motor sobre um amplo sector do número de rotações; filtro de ar HD2 para um melhor efeito de filtragem; comportamento de condução muito bom e rigidez de guia muito boa com um baixo nível de vibrações; elevado conforto de comando, fácil manejo.

•    Podadores de Sebes a bateria HSA 66 e HSA 86 – A fonte de alimentação do EC Motor é ajustada pelo novo STIHL CE-Electronic que compreende um nível constante e elevado da velocidade do motor para um progresso mais regular e constante de trabalho. A redução de peso, a autonomia e o tempo de vida são igualmente claros e benéficos para os utilizadores. Mas a principal vantagem é o desempenho de corte superior:
- No HSA 66 foi possível atingir uma geometria de lâmina semelhante à utilizada na HS 46.
- No HSA 86 devido a uma distância maior entre os dentes, bem como uma distância maior em termos de protecção de corte. Este recurso oferece maior suporte para o corte de galhos mais grossos e uma maior facilidade e comodidade de trabalho.

•    Varejador de Azeitona a bateria SPA 65 – O varejador mais leve, ergonómico, robusto, rentável, ecológico e silencioso do mercado. Com caixa redutora profissional em magnésio; reduzidas vibrações ao utilizador; grande resistência à humidade; sem qualquer cabo (com AP 160 e AP 180).
•    Varredoras Manuais KG 550 e KG 770 – Usar uma varredora permite ao utilizador fazer o trabalho cerca de 6 vezes mais rapidamente do que com uma vassoura convencional. Além disso, faz um trabalho limpo numa única operação. Não há necessidade de recolher a sujidade separadamente, como quando se usa uma vassoura. Em comparação com as máquinas a gasolina, como ventiladores ou varredoras a gasolina, está máquina faz o trabalho tranquilamente, sem emissões de escape e com muito pouca poeira. Em particular quando se trabalha em torno da casa, e como não é produzido qualquer ruído, não existe qualquer incómodo.  

Entrega do prémio “Distinção em Crescimento 2011”
Ao finalizar a reunião foram entregues os galardões “Distinção em Crescimento 2011” que premiaram os distribuidores que mais cresceram em 2011 nas diferentes categorias de produtos e que agraciaram um total de catorze distribuidores.

Demonstrações em campo
De seguida os cerca de 200 participantes deslocaram-se para a Quinta do Fidalgo onde decorreu a tradicional demonstração de novos equipamentos, aí foram apresentados detalhadamente todos os novos produtos, e foi possível experimentar as máquinas em operação.

Finalizada a demonstração todos os participantes puderam confraternizar durante um excelente almoço onde se provaram os pratos da boa cozinha regional.
Publicado em:20 JUN 2012
GalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGalleryGallery